sexta-feira, 6 de junho de 2014

Adeus fofinha!



Olá amigos e amigas da Nucha.
Desta vez não trago boas novidades. A Nucha piorou bastante e de forma muito rápida desde o fim-de-semana. As medicações foram ajustadas para tentar melhorar o seu estado, mas a doença neurológica progrediu. Não quero particularizar sintomas, descrever estados, registar momentos dolorosos nem explicar-vos como foi cada dia destas semanas. Simplesmente dir-vos-ei que os momentos bons eram poucos e os menos bons muitos, e que a previsão de um balanço cada vez pior entre os dois era o que havia à nossa frente até que a Nucha deixasse de ser ela totalmente.Tomei pois a decisão mais difícil que "as mães" têm de tomar. Depois de um momento a sós  entre a Nucha e o Gabriel, levei-a ao colo para o carro e  aconcheguei a nossa "fofinha" para a sua viagem.

A Nucha (que tinha dezassete anos e oito meses) partiu, ontem, pouco antes das vinte horas, repousando a sua cabecinha de raposinha no meu braço, num sono profundo e tranquilo, sem dores nem sobressaltos, acompanhada da veterinária que a seguira e de uma enfermeira, num ambiente muito doce e pacífico. Mais tarde, ainda ontem à noite, precisei de sair no fim do jantar, faltava algo na rotina e fui  percorrer o caminho que fazia com a minha amiguinha peluda, que deixara os meus braços havia algumas horas.

A noite era de estrelas - estranho, pois previam chuva para essa noite e dia seguinte - e enquanto algumas lágrimas apareciam e caíam no chão, os meus pensamentos vagueavam. Creio que os cães vêm até às nossas vidas com um propósito, cumprem a sua missão e partem. Meu filho questionara-me em tempos  sobre essa missão. Disse-lhe que cada um de nós saberia, no momento ou mais tarde, reconhecê-la, mas que eles a cumpriam sempre, disso não tinha dúvidas. E senti-me mais apaziguada por ter podido viver com a Nucha um pedaço da minha vida, por ela "ter esperado" por nós na APPAFF aqueles dez  anos e ter vindo connosco  no dia 8 de setembro de 2012.

Obrigada, Nucha, "minha velhota", por tudo o que me deste, por tudo o que me deixaste dar-te e assim me fizeste receber (pelo menos) em dobro.

video

(Imagens de sábado passado)



sábado, 31 de maio de 2014

A Nucha tem uma trela nova!

Olá amiguinhas da Nucha!
As fotografias não estão por ordem! Mas estou com tão pouco tempo que vão ficar mesmo assim. Aproxima-se o final do ano letivo e a mãe anda muito cansada e todo o tempo é pouco para dar a volta a tudo!! Mas a Nucha tem uma trela nova e resolvemos fazer uma sessão de fotos no passeio da tarde. As duas primeiras fotografias foram tiradas depois do passeio, já em casa! Ela continua com convulsões mas a medicação parece ter ajudado muito ao estado geral, está mais estável. Estava a dormir e bem ferrada, até ressonava! 



Estas oito fotografias foram tiradas logo após o passeio. A Nucha fica cansada, mas a trela nova ajuda pois ela não puxa, ou melhor, puxa mas eu deixo-a ir! Assim faz muito menos esforço! Fazemos uma pausa no banquinho e depois é hora de regressar. Ela caminha um pouco mas eu acabo por trazê-la para casa ao colo!







 E estas três fotografias são durante o passeio. Eu não tinha muita simpatia por esta ideia da trela extensível, mas resulta. Ela parece gostar de se sentir menos presa, faz menos força a puxar e isso é o que importa para que se canse menos! Estava sol, como podem ver, mas muito vento!


Não sei quando poderei colocar mais fotografias. Falta um par de semanas para a escola acabar e como é costume dizer, "o rabo é o mais difícil de esfolar"!! Em breve a Nucha tem de voltar ao veterinário para fazer análises!  Assim que possamos,  voltamos com mais novidades da Nucha!

sábado, 24 de maio de 2014

"check up " senior na Clinicão

Olá, amigos e amigas da Nucha!
Nestas últimas três semanas andámos em visitas à Clinicão para avaliarmos o estado de saúde da nossa velhota .
Como ela andava muito cansada, arfava muito, e tinha mais convulsões, achámos melhor ir ver o que estava mal. A Nucha portou-se bem e deixou fazer os exames todos: análises ao sangue (por duas vezes, em momentos diferentes para comparar resultados), raio-X, ecografia...
Está com 15 kg agora e dos exames conclui-se que tem bons pulmões e brônquios - é  a vantagem de não  fumar, nem ativamente nem passivamente, pois aqui em casa também não há tabaco - e os rins estão a trabalhar bem. Claro, tudo dentro dos parâmetros esperados para a idade dela que é muita.
Trouxémos um anti-inflamatório /analgésico para aquilo que chamo "dores nos ossos" ( à falta de melhor vocabulário  este entende-se bem) e que ela manifestava porque se sentava com dificuldade e até esperava a ver se íamos ficar na sala ou não, avaliando se valia a pena esforçar-se e sentar-se ou se ainda íamos sair dali e então ela poupava as pernas para só se sentar onde estivéssemos (esperta!).
Com esses comprimidos ela melhorou dessa parte, e como continuava a arfar muito e a ter convulsões repetidas, voltámos à consulta, ela fez mais exames e foi observada de novo.
Agora estamos a ajustar a medicação para as convulsões para ela não ficar tão aflita e poder descansar melhor e vamos ver como reage com a diminuição do anti-inflamatório.É preciso equilibrar estes químicos, para ela andar bem e viver bem o tempo que ainda tivermos juntos!
A velhice está lá,  a Nucha é que engana toda a gente com o seu aspeto jovem!  

Aqui  está ela depois de termos ido a uma das consultas!
Tinha fotos dela na Clinicão, mas não ficaram com boa resolução, por isso só coloco estas.



Ela agora dorme mais. Fica aconchegada na cama, mas já não se enrola tanto, dorme esticadinha como se fosse um humano!!!! Parece que fica muito satisfeita , não acham?








ainda o dia da mãe..fotos esquecidas

No dia da mãe fomos brindados com um belo sol e uma luz muito alegre, pelo que, apesar do trabalho estar ali a chamar por mim, ouvi o meu pequeno e fomos passear um bocadinho.
A Nucha não ficou em casa e levámo-la no carrinho para apanhar um pouco de ar do mar.
Fizémos umas fotos para registar o momento ,mas já me tinha esquecido delas, hoje vi-as  e aqui as partilho.



 O meu filhote, muito atento à Nucha, ultrapassado já o estranhar da situação de haver pessoas a repararem no insólito de estar um cãozinho no carrinho!


Sou uma mãe cheia de sorte, não?
Eu tenho a certeza que sim!
Até breve!


sexta-feira, 2 de maio de 2014

A Nucha está a envelhecer

Olá amigos e amigas da Nucha!


Já devem ter pensado no motivo pelo qual não houve mais notícias na nossa "velhota"...
Peço desculpa, mas o meu trabalho é o principal responsável  e, não, não aconteceu nada de mau à Nucha  nem a nós, graças a Deus.


 A Nucha  está apenas  a envelhecer, sendo que nas últimas semanas esse envelhecimento começou  a mostrar sinais mais evidentes - afinal são 17 anos e quase oito meses, e a idade não se esconde para sempre.Digo isto, tentando também aceitar com serenidade que a vida tem um início e um fim, mas sei que ,apesar de toda a lucidez  , nunca é fácil o tal momento de fim - que até pode ser daqui a uns anos!


A Nucha tem tido menos força nas perninhas de trás: senta-se devagarinho, quando se deita já não tem tanto controle no movimento e acaba muitas vezes por se "deixar cair" sobre a acama ou sofá. Ainda pula para o sofá (e para cima da minha cama) ,mas "só quando vale a pena", ou seja, quando eu ou o Gabriel estamos sentados no sofá ela vai, de outra forma ,prefere ficar na caminha dela, penso que por ser mais fácil.

Também já não parece ouvir tão bem. Nesta semana notei mesmo uma perda mais visível, pois aconteceu hoje  até uma caixa de papelão ter caído  na marquise e ela, estando perto , na cozinha,  nem se mexeu; ela, que se assustava com qualquer ruído!

No entanto, apesar de ter momentos em que fica muito cansada e parece que está quase a viajar para outra dimensão, tem outros em que parece uma jovem e aí até parece que é outra ! Quando o Gabriel a leva a sair, ela vai toda contente e cheia de força, mas não demora a cansar-se e a ficar com a boquita aberta e com a linguita de fora.

Tenho de vos contar que,  como tinha tido ( há 2 anos e tal) a experiência de carregar o meu Davis ( que nessa altura andava por volta dos 23 kgs) quando ele adoeceu, procurei no início deste ano um carrinho de bebe que eu pudesse usar caso a Nucha viesse a ficar fraquinha ou doente, pois queria prevenir -me. Como a situação não era uma realidade ainda, tinha tempo, mas de imediato encontrei na internet o que procurava. Contas feitas, trouxe para casa o engenho - um carrinho de bebe em segunda mão, uma cadeirinha de passeio que servira talvez ao jovem vendedor quando era petiz. Dei um valente banho à cadeirinha e toca de experimentar.
A Nucha estranhou "o chão a mover-se", quis saltar para fora, mas depois já estava a gostar.
Arrumei o carrinho...e há duas semanas fui buscá-lo, pois agora já é preciso: o sol veio e a Nucha não aguenta uma caminhada nossa sem se cansar em demasia, e não a queremos deixar para trás.

Saímos e experimentámos.
Fomos passear pela beira-mar : primeiro a pé e "à pata", o GAbriel, eu e a Nucha; depois com o carrinho.Novamente a Nucha quis saltar, mas depois começou a entender que aquilo até era bom...e fizémos o resto do passeio com ela no carrinho.

Como não levei máquina, não tenho fotos; mas ontem repeti . Consegui tirar três que aqui vos mostro. 

Como estava sozinha, tinha de estar sempre a olhar por ela, pelo que foram as fotos possíveis....Ela, desta vez, gostou mais e adaptou-se logo , só quis saltar quando chegámos ao pé do meu carro, contudo, o ar do mar cansou-a muito...






    Hoje já teve momentos muito enérgicos e outros em que fica muito abatida, com o olhar distante...






De qualquer forma, é sempre a nossa Nucha e , por isso, vamos cuidar dela sempre e quando ela estiver mais enérgica aproveitamos para brincar , quando ela estiver mais abatida, damos colinho e mimos, pois é das tais coisas  de que dizem que quanto mais se dá, mais se recebe e com os animais tudo o que s e dá é devolvido em dobro (pelo menos!).
Até breve!

quinta-feira, 13 de março de 2014

Fotos da Nucha no dia de Carnaval









Pois é. O dia de Carnaval não correu bem aos foliões. O desfile foi cancelado porque estava frio e chuva, coisas de que a nossa Nucha também não gosta mesmo nada. Acho que ela não se importou muito com o facto de não ir ao Carnaval. Fomos dar uma voltinha rápida, de carro. E aqui ficam algumas fotos para verem como ela está linda. É uma fofa!

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Ano novo, fotos novas!

Olá amigos e amigas da Nucha!
Aqui deixo umas fotos da nossa peludinha Nucha! Como podem ver ela adora colo, só quer aninhar e adormecer. O tempo de chuva convida a boas sonecas, não é? Um bom ano - ainda é tempo de desejar! - para todos os bichinhos e todos quantos gostam deles!









quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Algumas fotos e notícias frescas

Olá de novo!

Ontem visitámos família e trouxe-a para o carro ao  colo, embrulhada numa mantinha, pois à noite estava frio - ela não fugiu, aninhou-se e veio como um bebé. Nota-se bem que está frágil, mas, apesar disso, hoje pareceu-me mais bem disposta.

Está muito frio e muita chuva, e ela tem medo do barulho do vento, e foge para perto de nós, quando ouve a ventania nas janelas.

Consegui colocar aqui as fotos do banho e aqui vão : depois do banho, foi aninhar-se junto do Gabriel.E ele ficou com ela a dar-lhe miminhos - quem não gosta de miminhos?





Aqui está a secar o pêlo. Ela gosta do secador e até se deita e quase adormece quando estou a secá-la...



Aqui o Gabriel apanhou-a com o flash e ela abriu os olhos!



E é mesmo bom ter uma amiguinha assim, não acham?